A tecnologia de Identificação por Radiofrequência, conhecida pela sigla RFID — do inglês, Radio-Frequency Identification — pode proporcionar um ganho de produtividade significativo nos processos industriais e logísticos. Porém, muitos processos não aceitam bem a tecnologia sem alterações. Por isso, uma análise de viabilidade é fundamental.

ANÁLISE DE VIABILIDADE

A análise ou estudo de viabilidade para RFID considera o ambiente e os processos do cliente, determinando como a tecnologia pode ser implementada de forma que o investimento realmente valha a pena.

SITE-SURVEY

Do ponto de vista técnico, o Site-Survey é o ponto mais importante da análise de viabilidade, pois certifica que não haverá problemas de desempenho e garante a eficiência do sistema RFID a ser implementado.

Em primeiro momento, é realizada uma inspeção do local, onde são avaliadas suas características físicas, determinando os locais exatos onde devem ser realizadas as leituras. São considerados os obstáculos que podem afetar o desempenho do sistema — não só do ponto de vista técnico, mas também do processo, de forma que a tecnologia não afete os fluxos de trabalho.

Em seguida, é analisado o espectro de radiofrequência, onde são detectadas e identificadas possíveis fontes de interferência eletromagnética e outros fatores que podem prejudicar o desempenho do sistema.

Por fim, são executados testes de leitura com diferentes tipos de antenas e etiquetas (tags), determinando a melhor combinação de equipamentos e suprimentos, a quantidade e o posicionamento ideal das antenas, sensores, sinalizadores e outros equipamentos e materiais necessários para a operação do sistema. São levantados dados estatísticos sobre as medições executadas, comprovando o desempenho do sistema.

RELATÓRIO

Uma vez concluídas as avaliações, estudos e testes, é elaborado um relatório onde são detalhadas as informações levantadas durante a análise, incluindo:

Esse relatório vale como laudo e garantia do desempenho do sistema, desde que as condições do ambiente e a infra-estrutura não sejam alteradas em relação às recomendações contidas no relatório.